Descontentes com a rotina, um casal decidiu “cair no mundo” e, por meio de um blog, compartilhar as aventuras vividas e inspirar quem deseja fazer o mesmo

Tudo começou com aquele sentimento comum a todas as segundas-feiras: o desejo que o fim de semana não tivesse acabado e a contagem regressiva para o próximo dia livre. “Tínhamos uma vida confortável e estável, mas aquilo não estava mais nos realizando. Percebemos que isso não estava certo. Afinal, como poderíamos passar por nossas vidas desejando sempre o futuro?”, lembra a jornalista Fernanda Kiehl, que, ao lado do marido, o fotógrafo Tiago Ferraro, estava incomodada por essa constante frustração com a rotina.
Foi então que, após cerca de 1 ano de preparação, projetando itinerários e o programa financeiro, o casal de brasileiros começou a percorrer o mundo. Como já conheciam a maior parte do continente europeu (pela facilidade de viajar na região enquanto moravam na capital inglesa), eles passaram a explorar voos mais longos: Egito, Quênia, Tanzânia, Malawi, Moçambique, África do Sul, Irã, Armênia, Geórgia, Rússia, Coréia do Sul, Indonésia, Tailândia, Malásia e Alemanha.
Percorrendo todos esses lugares nos últimos 2 anos, experiências diferentes e descobertas não faltaram. “É muito difícil enumerar os momentos marcantes. A viagem em si é a mais marcante história. Mas uma lição muito grande que tive foi durante 5 meses de voluntariado no Quênia, quando não tínhamos sequer eletricidade. Ficamos praticamente isolados do mundo”, conta Tiago. Nessa lista de experiências ainda aparece alugar um motor home; visitar uma cidade brasileira no Irã (Abadan); fazer parte da gravação de um filme armênio; viajar somente pegando caronas; conhecer um país que oficialmente não existe (Karabakh); entre outras aventuras.
Mas muito além de vivenciar todas essas culturas, a dupla decidiu eternizar as viagens no blog Monday Feelings (www.mondayfeelings.com) para incentivar as pessoas a irem atrás de seus sonhos e para desmistificar preconceitos. “Queríamos contar nossa história, mas também mostrar que viajar pela África ou para o Irã é possível e seguro; que os russos, na verdade, são hospitaleiros e gentis; que não é preciso ter tanto dinheiro para dar a volta ao mundo; que uma vida mais simples é viável”, destaca Fernanda. Sem nenhum tipo de financiamento e economizando cada dólar, bem como fazendo bicos onde é possível, eles esperam tornar as viagens a própria fonte de renda.
Os temas a serem abordados no site não são pré-definidos e dependem do que o casal encontra pelo caminho – assim como o planejamento, que, de acordo com Tiago, depende de muitos fatores, como meio de transporte, época do ano, realidade do país e cotação da moeda. “Fomos para o Irã com passagem comprada para Jordânia dentro de 2 semanas. Em menos de uma semana, já tínhamos prolongado nosso visto e esquecido a nossa passagem de saída do país”, revela.
O próximo destino será um vale a pena ir de novo: o casal volta para Rússia, Geórgia e Armênia, mas dessa vez como consultores de viagem. “No momento queremos tornar nossa viagem sustentável financeiramente e estamos abrindo uma produtora de conteúdo. Mas queremos conhecer todos os países do mundo! Queremos desbravar, conhecer pessoas e culturas e ajudar quem gosta de viajar a fazer o mesmo”, finaliza a jornalista.
Para saber mais e acompanhar a aventura do casal, confira o Monday Feelings também no Facebook (Monday Feelings) e no Instagram (@mondayfeelings).

por Amanda Pioli – fotos Monday Feelings/divulgação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA