Trajeto em Santa Catarina conhecido como Vale Europeu é o roteiro perfeito para a prática de cicloturismo – forma divertida, ecológica e saudável de viajar

Eleita a região brasileira campeã em qualidade de vida, o Vale Europeu, composto por 49 municípios de Santa Catarina, tem se destacado também como um dos trajetos preferidos por cicloturistas que decidem conhecer a região usando apenas uma bicicleta como meio de transporte.

O circuito Vale Europeu de Cicloturismo foi o 1º roteiro no Brasil planejado especialmente para ser percorrido sobre 2 rodas, priorizando estradas de terra de fácil acesso e com belas paisagens. Começando e terminando em Timbó, a cerca de 30km de Blumenau, ele possui 300km por vias secundárias (longe do asfalto) e pode ser dividido em parte alta e baixa, escolhida de acordo com o condicionamento físico e a experiência do ciclista. Ainda fazem parte do trajeto os municípios de Rio dos Cedros, Pomerode, Indaial, Ascurra, Rodeio, Benedito Novo, Doutor Pedrinho e Apiúna.

As tradições europeias, herança de colonizadores alemães, italianos, austríacos, poloneses e portugueses, são as grandes marcas desta região e, consequentemente, se manifestam durante todo o percurso, por meio da arquitetura, gastronomia e paisagens, além do próprio ciclismo, que também é um traço cultural regional. Entre pedaladas, o cicloturista poderá, por exemplo, apreciar a arquitetura típica do sul da Alemanha, provar vinhos e queijos produzidos na tradição italiana, e observar o modo de vida das pessoas do campo. As belas paisagens, com natureza bem preservada, compõem a região, caracterizada pela Mata Atlântica.

Apaixonado pelo cicloturismo, o cirurgião-dentista Gustavo Loria Leoni ficou encantado pelo percurso do Vale Europeu e convidou mais 7 casais, além de sua esposa, para se juntarem a ele em um circuito de 4 dias. “Os caminhos se tornam atrativos turísticos por si só, pois encontramos mata exuberante, cachoeiras, riachos, vinícolas, restaurantes supercharmosos… Já os moradores nos ofereciam a bebida característica da região e frutas de seu próprio pomar”, lembra, resumindo a experiência como “inesquecível”.

O trajeto pode ser autoguiado ou com acompanhamentos de guias e carros de apoio. No caso de Leoni e seus amigos, eles optaram pelo suporte da agência Seledon Turismo e Treinamento, que se especializou neste tipo de passeio e oferece diversos pacotes, definidos de acordo com o perfil do viajante sobre 2 rodas. Enquanto as atividades e duração dos trajetos podem variar, certos serviços são constantes, como o acompanhamento de um carro de apoio com condutores especializados e distribuição de barras de cereal, frutas e garrafas de água gelada.

Para mais informações, acesse o site www.seledon.com.br ou ligue para (47) 8838-2949

Por Amanda Pioli

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA