A rinoplastia é um procedimento cirúrgico que melhora a aparência e a proporção do nariz ao mesmo tempo em que pode corrigir dificuldades respiratórias

Sendo o ponto central e mais projetado do rosto, o nariz é fonte de incômodo para muitos homens e mulheres, que não gostam de suas proporções ou formato. Mas além da parte estética, a estrutura do nariz pode obstruir as vias respiratórias, provocando dificuldades para respirar.

“Muitos pacientes respiram pela boca ou evoluem com obstrução nasal constante e se acostumam com essas alterações, já que às vezes desconhecem como é respirar bem. Quando podemos corrigi-las, o paciente passa a respirar melhor e frequentemente dormir melhor, aumentando a qualidade de vida”, explica o cirurgião plástico Fernando Salgueiro (CRM-SP 131.569), que destaca a rinoplastia como forma de corrigir esses problemas.

Realizada em adolescentes e adultos jovens, em quem as características faciais já estão definidas, a cirurgia de nariz é um procedimento considerado de baixo risco, que busca alterar as estruturas nasais, deixando-as mais harmônicas. Com ela, podem ser alterados o tamanho, a ponta e o perfil do nariz, a largura do dorso nasal, e possíveis assimetrias e desvios. Dessa forma, em um único procedimento, é possível cuidar tanto da estética quanto da saúde, como destaca Salgueiro. “Mesmo as reclamações estéticas sendo as principais, cerca de 15 a 20% apresentam alguma queixa respiratória, como rinite e roncos, e isso precisa ser questionado durante a consulta. A rinoplastia jamais deve ser tratada como uma cirurgia unicamente estética. Não adianta nada um nariz bonito que não respire direito”.

Cuidar da estética também é uma forma de cuidar da saúde e da qualidade de vida, como lembra a advogada Taciana Oliveira, que realizou o procedimento. “Eu tinha um ossinho saliente que me incomodava muito e por isso fiz a cirurgia. O resultado melhorou a minha autoestima e confiança. Quanto à saúde, melhorou de forma indireta. Mais confiante, caíram por terra problemas relacionados à depressão e de cunho emocional”.

Cuidados do pós-operatório
Apesar de ser uma cirurgia simples, que dura em torno de 2 horas, a rinoplastia é um procedimento delicado, que exige tempo para recuperação. “O pós-operatório foi totalmente indolor, mas bem desconfortável. Passei aproximadamente 4 noites sem dormir, mas valeu a pena”, conta Taciana.

Segundo Salgueiro, o desconforto acontece devido ao edema na parte interna do nariz e ao curativo, que faz o paciente respirar pela boca por 7 dias. Mas alguns cuidados podem diminuir essa sensação ruim. “É importante um bom repouso, manter a cabeça sempre elevada, não pegar peso, fazer compressas frias, e seguir as orientações do cirurgião”.
Por fim, ele faz um alerta: não existe nariz padrão. Assim, é importante ter consciência do procedimento e não ter expectativas irreais. “Muitos pacientes apresentam uma obsessão pelo nariz perfeito e, quando se olham no espelho, o acham horrível, mesmo não sendo. Quando identificado este transtorno, o ideal é encaminhá-lo para um psiquiatra e/ou psicólogo para tratamento, não indicando nenhuma abordagem cirúrgica inicialmente”, adverte.

POR AMANDA PIOLI

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA