Mesmo sem se dar conta, a posição que você passa o dia pode estar machucando sua coluna e, consequentemente, prejudicando seu rendimento e bem-estar

De repente, você começa a sentir dor na base das costas sem saber o porquê. “Eu só fiquei sentado”, você pensa. Mas nesse “só”, estão horas e horas numa mesma posição que prejudica sua coluna – e, com ela, diversas articulações, como ombros, braços, quadris, joelhos e pés. “Isso ocorre porque diante do desequilíbrio postural o corpo buscará compensações a fim de nos manter em equilíbrio”, explica Giuliano Martins (Crefito 46609-F), fisioterapeuta do ITC Vertebral.

As dores nas costas, portanto, são sinais que o corpo envia para avisar que tem alguma coisa errada, uma mensagem para você corrigir a postura antes que seja tarde. “Se não adotarmos uma postura correta no dia a dia, quer seja em casa, no trabalho, no lazer ou durante a prática de atividades, é bem provável que o mau hábito seja responsável pelo surgimento de desvios anormais na coluna”, avisa Martins.

Infelizmente, é tão recorrente as pessoas se descuidarem da coluna que essas dores já são a doença crônica mais comum entre os brasileiros e também a menos tratada. “Tenho 2 hérnias de disco na região lombar devido à má postura no trabalho e exercícios de impacto. Mas agora me cuido mais”, revela o dentista Rodrigo Ridolfo.

Cuidados com a coluna
Se você não deseja entrar para as estatísticas ou não quer continuar sofrendo deste mal, é melhor ficar atento a algumas dicas do fisioterapeuta Alexandre B. Colucci (Crefito 32333-F), da Clínica Collucci.

Para quem trabalha em frente ao computador e/ou sentado, é imprescindível, para começar, uma cadeira adequada (ergonômica). “A cada 2 horas, devem ser feitos alongamentos. É necessário ainda criar novos hábitos de postura e manter o peso, pois o excesso de gordura sobrecarrega a musculatura da coluna”.

Já quem precisa carregar peso, deve se dedicar a fortalecer os músculos, especialmente do abdômen e do quadril, sempre abaixar com a coluna reta e evitar o sedentarismo. “O alongamento é de suma importância para a coluna e recomendo que seja feito 2 vezes por dia. Ele pode causar um desconforto, que é normal, mas só deve ser suspenso se provocar uma dor aguda”, ressalta Collucci.

Por Amanda Pioli – foto divulgação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA