Tiago Arruda deixou emprego num banco para fazer o que realmente gostava. Hoje, ele é sócio-proprietário do restaurante em Ribeirão Preto

Como a maioria dos jovens que buscam adrenalina e motivação, Tiago Arruda não sentia prazer e alegria em seu trabalho. Era o ano de 2002. Ele atuava no mercado financeiro e, precisando de uma renda extra, decidiu trabalhar aos finais de semana para complementar seus ganhos. Ingressou como “outbacker” no restaurante Outback Steakhouse do Shopping Iguatemi, em Campinas, sua cidade natal.
“Trabalhar no Outback era o que eu gostava e a vontade de largar tudo para ficar na rede foi aumentando, principalmente pelo plano de carreira que é oferecido, com investimentos permanentes em treinamentos e capacitação. Foi uma decisão difícil. Meu pai não aceitava a ideia de sair de um banco para virar garçom, mas eu acreditei no meu sonho e no futuro que via à frente”, conta Arruda.
A decisão de Tiago foi tomada com base na visão de futuro dentro da rede. Os funcionários do Outback são, em sua maioria, jovens talentos que têm interesse em crescer dentro da empresa, tendo em vista o plano de carreira que é oferecido, denominado “GO – Grandes Oportunidades”.
Cada um dos 87 restaurantes da rede possui à frente um sócio-proprietário que, em sua grande maioria, ingressou como ‘outbacker’, como são chamado os atendentes das lojas. “São pessoas que, assim como eu, começaram a trabalhar como atendentes, recepcionistas ou na cozinha e que cresceram profissionalmente, construindo uma carreira dentro da empresa”, completa Tiago.
“Hoje, quando olho pra trás, vejo que valeu a pena. Lembrando sempre que sozinho nada acontece. Tenho uma equipe maravilhosa, funcionários que são meus braços direito e esquerdo”, finaliza Arruda.

Divulgação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA