Uma das opções para se destacar profissionalmente é apostar nas especializações, como o MBA, um curso voltado à realidade das demandas do mercado de trabalho

Hoje em dia ter uma graduação já não é um diferencial, mas um requisito básico para ingressar no mercado de trabalho e concorrer a uma vaga. Para se destacar, muitas pessoas recorrem a especializações lato sensu, como o MBA (Master Business Administration). “O lato sensu são as especializações. Elas não formam pesquisador ou professor, como os mestrados e doutorados, mas buscam aperfeiçoar o profissional para o mercado de trabalho. O MBA é a especialização dos cursos da área de gestão, voltada para negócios”, explica o Dr. João Paulo L. de Oliveira, professor e coordenador de cursos de MBA da Estácio UniSEB.

O MBA é indicado para profissionais graduados que desejam se atualizar com foco nas realidades e demandas do mercado. Mas qual o momento certo para investir nesse modelo de especialização? “É possível que o graduado faça o MBA a qualquer momento. O profissional que gerencia sua carreira deve sempre se atualizar com novas tendências para manter sua empregabilidade elevada, não perder a conexão com as novas tecnologias, práticas e metodologias, além de integrar sua área de conhecimento e formação original com outras, para que consiga lidar com assuntos cada vez mais complexos que possuem relação entre si”, comenta Patricia Andrade, reitora do Centro Universitário Moura Lacerda.

Antes de entrar de cabeça em um MBA, é preciso pensar bem, pois eles demandam dinheiro e tempo – a especialização tem, no mínimo, 360 horas, distribuídas, em média, em 20 meses. “As aulas podem ser uma noite por semana, quinzenais ou ainda apenas no sábado por meio período ou dia inteiro. Elas são ministradas de forma que o profissional aproveite bastante o conteúdo sem atrapalhar seu trabalho”, diz Oliveira.

mba2

Por Mirela Dias – Fotos divulgação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA