Saiba quais são as novidades que prometem oferecer aos cidadãos e visitantes da região metropolitana opções avançadas de diagnósticos e tratamentos

A grande quantidade de médicos, especialistas, pesquisadores, universidades, clínicas e hospitais presente em Ribeirão Preto colabora com a posição da cidade como o segundo lugar no interior de São Paulo em número de estabelecimentos na área da saúde (com aproximadamente 1 mil deles, entre hospitais, postos, laboratórios e consultórios públicos e privados). Uma colocação de grande orgulho para essa região metropolitana, sempre em busca de novas técnicas de diagnósticos e tratamentos. Além disso, possui universidades referências nacionais na área, o que fomenta ainda mais esse meio, a partir de inúmeros estudos e pesquisas.

Para mostrar esse cenário atualizado, entrevistamos profissionais que se destacam no ramo e que sabem da importância de um polo como esse, do qual os ribeirão-pretanos têm o privilégio de fazer parte. Confira!

Fazendo o bem sem olhar a quem

Iniciando suas atividades em 2007, a partir do atendimento de mulheres nas áreas de Ginecologia e Obstetrícia, com ênfase em Ginecologia Endócrina e Reprodução Humana, a Dra. Ana Karina Bartmann (CRM/SP 103093) foi pioneira, já na época, ao oferecer uma assistência em ambiente acolhedor, pessoal e humanizado, contribuindo para o conforto e satisfação de suas pacientes. “Nós queremos atender as pessoas na sua integralidade e acreditamos que a reprodução não deve ser apenas para ricos”, destaca a especialista em Reprodução Humana, com mestrado pela USP/Ribeirão Preto, doutorado na UNICAMP e fellowship na França.

Sua ética profissional e sua missão de realizar o sonho das pacientes renderam frutos, colocando-a à frente do Centro de Reprodução Humana – Clínica Ana Bartmann, no qual realiza tratamentos de alta e baixa complexidade, tais como fertilização in vitro e inseminação intra-uterina, procedimentos cirúrgicos, congelamento de óvulos, espermatozoides e embriões, pesquisas científicas e cursos de formação/especialização ligados à área da reprodução. Assim, seu maior objetivo atualmente, é atender a todas as pessoas, sem distinção ou preconceito.

“Temos, por exemplo, muitos casais homoafetivos que nos procuram e relatam ter encontrado portas fechadas em outras clínicas devido ao preconceito. Mas, aqui na clínica, todos são acolhidos igualmente, e trabalhamos juntos na realização da vida dessas pessoas, que é ter um filho”, garante a Dra. Ana Bartmann.

Tratamento humanizado

As recentes tecnologias na área da saúde também podem ser aplicadas em prol de um tratamento humanizado, por mais contraditório que isso possa parecer. Afinal, com elas, é possível oferecer mais conforto ao paciente e otimização do tempo, especialmente em casos que exigem tratamentos contínuos. Um exemplo disso é a área de Radioterapia do CTR – Centro de Tratamento em Radio-Oncologia em Ribeirão Preto, que conta com um aparelho de alta tecnologia.

“Quando o trouxemos para a cidade, em 2014, era pioneiro no país em proporcionar a administração de altas doses de radiação no volume-alvo e minimizar as doses nos tecidos normais adjacentes de forma muito eficaz. O paciente também fica menos tempo exposto à radiação presente na sala de radioterapia quando o aparelho está em funcionamento devido à rapidez com que entrega a dose de tratamento no órgão-alvo”, explica o Dr. Erick Franz Rauber (CRM/SP 159580), responsável técnico do CTR. Todos os casos são submetidos a um controle de qualidade prévio ao tratamento, especialmente os casos de IMRT, que são verificados por meio de um equipamento que simula a distribuição de dose a ser administrada ao paciente. Dessa maneira, pode-se garantir a acurácia e segurança dentro das expectativas terapêuticas.

Para que a máquina fosse instalada no Centro, foi necessária a construção de uma sala específica, com muitas toneladas de cimento, de forma que as paredes impeçam as ondas de radiação de se espalhar. “Foram mais de 12 horas consecutivas despejando concreto, que precisou ser resfriado com 30 toneladas de gelo para não apresentar microfissuras, proporcionando uma blindagem das paredes à radiação – a qual foi aprovada pela Comissão Nacional de Energia Nuclear sem ressalvas. Com essa tecnologia, conseguimos atender mais pessoas, de maneira confortável, eficiente e segura ao meio ambiente. Futuramente, inauguraremos uma segunda sala, com a mesma tecnologia de ponta, para atender cada vez mais a demanda”, ressalta Dr. Fernando Marin Torres (CRM 52074/SP), diretor-administrativo do CTR.

Dr. Fernando Marin Torres (CRM 52047/SP), diretor-administrativo do CTR

Muito mais conforto

Localizado no Centro Médico RibeirãoShopping, o Esselense Day Hospital atua com um novo padrão de excelência em cuidados com a saúde. Com uma ampla estrutura, o local é sinônimo de conforto e segurança para médicos e pacientes que precisam realizar procedimentos cirúrgicos de diversas especialidades.

De acordo com Fabrício Galvão, responsável pelo departamento de Expansão e Novos Negócios do local, o Esselense trouxe à cidade muitos atributos relacionados a custo-efetividade, conveniência, tecnologia e conforto, utilizando conceitos dos melhores projetos mundiais e oferecendo uma opção diferenciada para a região. “Em menos de um ano de operação, conseguimos resultados consistentes e estamos focados no projeto de expansão de novas unidades, com parcerias estratégicas em andamento, com fundos de investimento nacionais e internacionais, que estão olhando cada vez mais atentos para as boas oportunidades no setor da saúde”, afirma.

Fabrício Galvão, responsável pelo departamento de Expansão e Novos Negócios do Esselense

Gestão de saúde terceirizada

Comandada pelo Dr. Rodrigo de Freitas Nobrega (CRM/SP 73064), há vários anos, a Gesti – Gestão e Soluções colabora com o desenvolvimento da saúde em parceria com importantes hospitais, como Santa Casa, Hospital Especializado, Beneficência Portuguesa de Ribeirão Preto e Santa Lydia. “A gestão profissional é de fundamental importância tanto para o desempenho da qualidade quanto para a performance financeira da clínica. A principal vantagem da terceirização desse tipo de serviço é contemplar diversos profissionais, das várias áreas da gestão, a um custo acessível”, explica Nobrega. A empresa também participa ativamente da gestão de clínicas do Centro Médico RibeirãoShopping.

“É muito gratificante fazer parte da história desse espetacular polo de saúde, que é a nossa cidade. Na minha opinião, para mantermos e melhorarmos esse cenário, não podemos abrir mão do profissionalismo da gestão, assim como dos investimentos adequados e da formação de profissionais de excelência”.

Tratamentos de mãos dadas com a tecnologia

O InORP – OncoClínicas é uma clínica de vanguarda no tratamento dos pacientes com diagnóstico de câncer. Após a associação com o Grupo OncoClínicas, o maior de oncologia da América Latina, o atendimento diferenciado do local ganhou ainda mais melhorias, já que seu corpo clínico tem acesso a discussões semanais com profissionais de todo o Brasil e que também fazem parte do Grupo OncoClínicas, além do contato via Tumor Board com médicos de Harvard em Boston.

Segundo o oncologista clínico Diocésio Andrade (CRM/SP 132129), uma das últimas inovações voltada para o respeito e o auxílio no tratamento dos pacientes é a aquisição do VeinViewer, um aparelho que auxilia a enfermagem a puncionar acessos venosos periféricos do paciente, diminuindo a ansiedade relacionada a esse procedimento durante o tratamento. Há também o aparelho de Crioterapia, que minimiza o risco de alopécia (queda de cabelo) dos pacientes que estão realizando quimioterapia. O InORP é o único da região de Ribeirão Preto a oferecer o procedimento. “Cada vez mais, os médicos têm que se dedicar ao cuidado do paciente e procurar melhorar o conhecimento científico de sua especialidade. Só com este binômio podemos chegar à excelência no atendimento em um momento tão necessário”, ressalta Andrade.

Dr. Diocésio Andrade (CRM/SP 132129) oncologista clínico

Especialistas e tecnologia de ponta

Atualmente, com atividades estabelecidas no Hospital São Lucas, a MED – Medicina Diagnóstica vem ganhando espaço em Ribeirão Preto e região nas áreas de radiologia e de diagnóstico por imagem. Apostando na união de qualificação e especialização profissional com atendimento humanizado e tecnologia de ponta, a empresa conta, por exemplo, com um rápido tomógrafo de 128 cortes, que oferece redução da dose de radiação, e uma ressonância magnética de alto campo, com ampla abertura, que proporciona maior conforto aos clientes, inclusive podendo evitar anestesias em pessoas claustrofóbicas.

Além disso, a MED investe em aparelhos com softwares modernos, que permitem a obtenção de informações importantes para o tratamento dos pacientes, especialmente nas áreas de neurologia, urologia, ortopedia e traumatologia. Recentemente, para auxiliar na luta contra o câncer de próstata, a empresa trouxe para a cidade a biópsia de fusão, um procedimento tecnológico inovador que permite aos médicos mais precisão no diagnóstico, pois junta as imagens detalhadas da ressonância magnética de alto campo, realizada previamente pelo paciente, com as imagens da próstata no exame de ultrassom. Essa tecnologia permite ao médico guiar as agulhas da biópsia para a região na qual se encontra a lesão suspeita na ressonância magnética, mesmo que não visível no ultrassom. “A associação de desenvolvimento econômico sustentável e educação é extremamente importante para manutenção da cidade como um polo em desenvolvimento na área da saúde. Esse também tem sido o nosso objetivo notadamente nos últimos anos, ou seja, alinhando alta especialização da equipe, tecnologia e ensino”, afirma o Dr. Claudio Benedini Laguna (CRM/SP 85809), especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, e responsável pela área de Musculoesquelético da MED Medicina Diagnóstica.

Dr. Claudio Benedini Laguna (CRM/SP 85809), responsável pela área de Musculoesquelético da MED – Medicina Diagnóstica

Tratamento sem cirurgias abertas

Equipada para oferecer procedimentos de radiologia e neurorradiologia intervencionistas – especialidades minimamente invasivas, que podem ser utilizadas para tratar vários tipos de doenças sem os traumas das cirurgias abertas –, a Documenta possui em sua equipe médicos que utilizam modernos equipamentos de raio-x e minúsculas ferramentas cirúrgicas como stents e catéteres. Por meio de uma pequena punção na virilha, por exemplo, é possível navegar pelo interior das artérias ou veias até as regiões mais distantes do corpo e tratar várias patologias como aneurismas e malformações vasculares cerebrais, miomas, e alguns tipos de tumores. Esse processo permite uma recuperação mais rápida, assim como um menor tempo de internação. É importante citar que a indicação de uma intervenção é sempre feita pelo médico do paciente. As intervenções também são cada vez mais solicitadas pelos médicos como recurso pré-operatório para diminuir sangramentos.

Sempre em evolução

Certificada como Hospital de Ensino, em parceria com o Centro Universitário Barão de Mauá, a Santa Casa gradua médicos, enfermeiros, psicólogos e fisioterapeutas, além de formar dezenas de especialistas por ano em 15 programas de residência médica credenciados pela CNRM/MEC. Inserido na Rede de Urgência e Emergência, é um hospital geral, de alta complexidade, que atende às demandas do município e da região, contando com setores de diagnóstico complementar nas áreas de radiologia, hemodinâmica, medicina nuclear, eletrofisiologia, endoscopia digestiva alta e baixa, endovascular, endoscopia respiratória, laboratório de análises clínicas, dentre outros.

Nos últimos dois anos, na área de diagnóstico e tratamento, a Santa Casa de Ribeirão Preto trouxe equipamentos de última geração, como Ressonância Nuclear Magnética de 1,5 Tesla, equipamento de Hemodinâmica de alta resolução, Laser Urológico e Acelerador Linear. “Porém, consideramos que as inovações estruturais e as capacitações profissionais foram os investimentos que mais impactaram no auxílio terapêutico aos pacientes, no qual destacamos a nova unidade de urgência e emergência que conta com oito leitos monitorizados e equipados para suporte ventilatório e 14 leitos de observação, em que atuam equipes de emergencistas e profissionais de saúde dedicados 24 horas ao setor”, explica Marcelo Di Bonifacio (CRM/SP 83560), médico e superintendente da Santa Casa de Ribeirão Preto.

Dr. Marcelo Di Bonifácio (CRM/SP 83560) médico e superintendente da Santa Casa de Ribeirão Preto

Estrutura certa para melhor atender

Líder do mercado de planos de saúde em Ribeirão Preto, a São Francisco Saúde construiu, ao longo de 70 anos, uma infraestrutura visando à assistência mais adequada e de excelência para as diferentes áreas de saúde. Começando com o Hospital São Francisco, referência em investimento e inovação, a rede conta também com um prédio exclusivo para a Maternidade, iniciativa pioneira realizada nos anos 1960. Já em 1988, inaugurou o Hospital do Coração e, no ano seguinte, o Hospital São Francisco realizou o primeiro transplante renal, que deu origem ao Centro de Diálise e Transplante Renal. “Atualmente, recebemos em Ribeirão pacientes de todas as regiões do país para cirurgias de alta complexidade e somos referência no atendimento voltado às especialidades de ortopedia, cardiologia, infectologia, neurologia, entre outros”, destaca Lício Cintra, presidente do Grupo São Francisco.

Tais estruturas continuam sendo aprimoradas, por meio de investimentos constantes, enquanto outras vão nascendo, como o CADIC (Centro de Atendimento Cardiológico), primeiro espaço destinado a essa especialidade e que agrupa consultas e exames simples. Além dele, no início desse ano, foi aberto o CENAR (Centro Avançado de Retinopatia), uma unidade que visa aprimorar o acesso e o cuidado integral a pacientes com lesões na retina ocular.

“Todas essas estruturas são supervisionadas por médicos de referência que atuam juntos para garantir excelência e modernidade no atendimento prestado aos beneficiários, contribuindo, dessa forma, para a construção do cenário de Ribeirão como um polo de saúde”, garante Cintra.

Lício Cintra, presidente do Grupo São Francisco

Atendimento de excelência e novidades para o segundo semestre

Com uma marca extremamente reconhecida e de capilaridade nacional, a Unimed Ribeirão Preto iniciou o segundo trimestre com intensa renovação em sua gestão, com modelagem alicerçada em práticas de governança corporativa e profissionalização de equipes. “A segurança que oferecemos aos nossos clientes tem como raiz a atuação de um sólido conselho de administração, composto por médicos cooperados que atuam em sintonia com experientes gestores técnicos. O conselho administrativo conta com a confiança de 900 sócios cooperados e encarrega-se do traçado das diretrizes e estratégias da instituição. Meu papel é assegurar que a execução dessas estratégias se mantenham harmonicamente alinhadas às deliberações do conselho de administração em seu plano estratégico e que sejam incorporadas por todos os gestores das áreas que compõem a estrutura de governança da empresa”, explica Júlio Paim, CEO da Unimed Ribeirão Preto.

Como integrante de um sistema que responde por um terço dos beneficiários com plano de saúde de todo o país, a reformulação da gestão da cooperativa de Ribeirão Preto tem como prioridade a modernização de sua comunicação institucional com médicos, clientes e funcionários; um abrangente plano de desenvolvimento de recursos humanos e renovação de conhecimento de suas equipes, em todas as áreas de atuação; muitas novidades de tecnologia da informação incluindo recursos de inteligência artificial e aplicativos dedicados à saúde – tudo acompanhado da oferta de novos serviços e produtos.

De acordo com Paim, o oferecimento do atendimento médico de excelência da Unimed Ribeirão tem no processo de admissão dos médicos-cooperados seu principal diferencial. “Há um processo de cooperativação feito de maneira muito séria e rigorosa. Para integrar o corpo clínico cooperado da instituição, o médico só avança no processo se possuir residência médica concluída e reconhecida pelo MEC e título de especialista reconhecido pela AMB (Associação Médica Brasileira), entidade que dá a última palavra na outorga de titulações para o profissional da área médica, em suas diferentes especialidades”, ressalta o CEO, que ainda aponta outros fatores analisados na admissão de cooperados, como o tempo de atuação do profissional, sua participação em congressos e em eventos de educação continuada, e apresentação de trabalhos científicos, tudo integrando os quesitos responsáveis para manutenção de um corpo clínico de alto gabarito a serviço dos clientes Unimed.

Complementando os serviços oferecidos pela cooperativa na cidade e região, o Hospital Unimed Ribeirão possui estruturas e indicadores clínicos compatíveis com hospitais denominados “top performance”, dentro e fora do Brasil. Além de um completo centro de diagnósticos, atendimento humanizado, hotelaria hospitalar de alto padrão, Unidades de Terapia Intensiva humanizadas e amplo estacionamento, para o segundo semestre deste ano, será inaugurada a Unidade de Urgência e Emergência do hospital destinada a casos de maior complexidade oriundos de traumas gerais, ortopédicos e um completo centro dedicado à intercorrências cardíacas.

Outro investimento a ser implementado pela cooperativa em 2018 será em uma nova unidade de Atenção Integral a Saúde, estabelecida no coração da cidade. “Nesse espaço teremos, além de médicos, especialistas em nutrição, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e um avançado núcleo de reabilitação que reunirá fisioterapeutas e profissionais dedicados a esta demanda”, aponta Paim.

Para aqueles que ainda não possuem um plano, na segunda metade do ano, a Unimed Ribeirão oferecerá diferentes formatos de contratos que darão acessibilidade para novos clientes por meio de planos customizados às diferentes necessidades de empresas e famílias. “Estamos muito otimistas com todos esses projetos, que prometem intensificar a presença da empresa na cidade e região”, finaliza o CEO.

Júlio Paim, CEO da Unimed Ribeirão Preto

FOTOS DIVULGAÇÃO/RAFAEL CAUTELLA/ZORO SEIXAS

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA