Pela primeira vez, a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas chega à cidade e promete encantar seus milhares de visitantes com ambientes desenvolvidos por meio do tema “Casa Viva”. Confira a entrevista com o diretor executivo Mauricio Siqueira, que marca o início da cobertura feita pela Zumm Ribeirão, media partner do evento

Vamos apresentar tudo que envolva as melhores experiências que um lar pode proporcionar, no sentido de morar, viver e compartilhar”. Foi dessa forma que Mauricio Siqueira, diretor executivo da CASACOR Ribeirão Preto, resumiu a temática da mostra que acontecerá na cidade entre os dias 22 de agosto e 30 de setembro. Esse alicerce criativo, escolhido pela curadoria do evento (a mesma da CASACOR São Paulo), guiará a visão de centenas de arquitetos, designers e paisagistas responsáveis pela criação de mais de 40 ambientes.

A edição de 2018 ainda promete surpresas, como sua metragem quadrada total, que superará o espaço, por exemplo, da CASACOR Franca, realizada no ano passado com 1.000m² de construção e 3.000m² de área total. “A CASACOR não é apenas uma mostra de decoração e sim uma oportunidade de vivenciar tudo que está em voga em torno de moradia. Quando o profissional se inspira para elaborar seu repertório, busca referências em viagens, museus, mostras nacionais e internacionais… A mostra é a união dessa série de conhecimentos, ou seja, é uma forma das pessoas analisarem como esses profissionais entendem o morar”, afirma Siqueira.

COMO OS PROFISSIONAIS PODEM PARTICIPAR?

Por meio de um open house/café da manhã, a mostra dará seu passo inicial. Já com data marcada (20 de março, anota aí!), nessa ocasião, os profissionais farão o reconhecimento do local, analisando quais espaços teriam vontade de assinar. Eu sei, parece simples. Mas não é apenas fazer um salamê minguê e começar a obra. Isso porque cada um deles precisa preencher cinco opções de ambientes e entregar seu portfólio para análise da curadoria. “Depois disso, analisamos perfil por perfil e montamos uma grade dos profissionais e seus respectivos ambientes. Afinal, os projetos enviados precisam estar em sintonia com os espaços desejados”.

Anualmente, a CASACOR está presente em 20 praças nacionais – Alagoas, Bahia, Brasília, Campinas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Interior de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraíba, Rio Grande do Sul e Santa Catarina – e mais seis internacionais – Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Miami.

De acordo com o diretor executivo, assuntos como tecnologia e sustentabilidade são alguns dos pilares que guiarão as obras dos ambientes, com um olhar focado no aconchego, segurança, fotografia e cultura, instigando todos os sentidos dos visitantes. “Cada ambiente terá uma iluminação, música, cheiro, textura. Essas novas experiências abrem a cabeça do consumidor final e de outros profissionais. Analisar composições prontas é muito diferente de entrar numa loja, por exemplo, onde você encontra peças expostas de forma separada, sem um cuidado maior com o todo”.

FAST DECOR

Siqueira é enfático: “CASACOR é para todo mundo!”. E ressalta o surgimento, anos atrás, do Fast Decor, uma tendência que aborda o repaginamento de apenas um ou dois cômodos, dentro da casa ou escritório, pautado pelo perfil de vários profissionais.

“Há 20 anos, contratávamos um arquiteto ou designer de interiores para fazer a casa toda. Hoje não. Você contrata de acordo com a sua necessidade, ou seja, se quero fazer o quarto do bebê, chamo um profissional que me agrada mais nesse sentido. Se penso num home diferente, contrato outro perfil. Esse Fast Decor gerou uma quantidade maior de profissionais no mercado. Aliás, a forma de vivermos mudou! Se pegarmos as casas da década de 80, notaremos ambientes compartimentalizados e menores. Agora o padrão são os integrados, amplos e com maior incidência de luz”.

Mauricio Siqueira

ARQUITETURA E RELACIONAMENTOS

A casa é nosso lugar de acolhimento, que nos desestressa depois de um longo dia de trabalho e, por isso, está totalmente conectada aos seus moradores e a forma com que se relacionam. “Dizem que a gente tem ciclos. Ano passado, por exemplo, era o ciclo do dinheiro e estamos entrando agora no ciclo das relações. Todo esse movimento da casa, essa integração, colabora para isso. A cozinha é um grande exemplo disso. Antigamente, a mulher ficava afastada, preparando as receitas para receber seus convidados. Hoje, é possível todos estarem juntos nesse ambiente, considerado o coração da casa. Nos bares também notamos diferença, como as mesas compartilhadas, muito comuns no exterior. É a arquitetura e a decoração colaborando para que as pessoas se relacionem mais, permitindo que sentem perto e troquem ideias, nos deixando mais abertos para conhecer coisas e pessoas diferentes”.

AS MELHORES EXPECTATIVAS POSSÍVEIS 

Na edição CASACOR Franca 2017 foram registrados mais de 10 mil visitantes. Com melhor capa entre todas as CASACOR do ano passado (o ambiente foi o Art! Garage Renault) e com a piscina entre as nove melhores, o sucesso dessa edição serve de inspiração para a mostra de Ribeirão Preto, maior que a da Cidade do Calçado. “Esperamos mais de 25 mil visitantes. Ribeirão tem um mercado arquitetônico muito evoluído. Para os profissionais que participarão, será uma excelente vitrine, a qual poderá ser explorada em seus portfólios durante todo o ano de 2019”.

Funcionamento CASACOR Ribeirão Preto:
Dias da mostra: de 22 de agosto a 30 de setembro
Horário: das 15h às 21h
Valor do ingresso: R$40 (inteira) e R$20 (meia)

Compartilhar
Artigo anteriorMagna Vista
Próximo artigoBild inaugura Only Residence

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA