Em seu terceiro ano, o The Peninsula Classics Best of the Best Award, o melhor prêmio de carros já fabricados, reuniu oito dos melhores carros clássicos do mundo – os vencedores de concursos internacionais – para competir pelo título do automóvel mais excepcional do mundo.

Para quem não sabe, esta competição apresenta os carros mais valorizados do mundo e são julgados pelos maiores nomes da comunidade clássica do carro, incluindo Jay Leno e Ralph Lauren.

O Bugatti Type 57SC Coupé Atlantic 1936, foi o vitorioso, com seu design excepcional e personalizado, ele é considerado por muitos como o primeiro supercarro já fabricado. O Bugatti foi selecionado depois de ser revisado por 24 especialistas automotivos, designers e celebridades notáveis do mundo automobilístico.

O automóvel é uma obra-prima de Jean Bugatti, um dos quatro modelos Type 57 Atlantic já produzidos, restam apenas três em todo o mundo. Sua raridade é um dos motivos por trás de seu preço, estimado em 40 milhões de dólares.

O veículo foi entregue novo em 1936 ao inglês Nathaniel Mayer Victor Rothschild, terceiro barão de Rothschild, e passou por alguns proprietários em seus 82 anos de história. Hoje ele pertence a Mullin Automotive Museum e Rob/Melani Walton e já ganhou diversos prêmios do setor automobilístico.

Fotos: Divulgação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA