Rui Flávio Chúfalo Guião conta como seu envolvimento com uma das bebidas mais antigas do mundo aconteceu e aponta quais rótulos nunca faltam em sua adega 

Depois de ganhar 2 vinhos alemães de um amigo, ambos da mesma marca, porém de sabores diferentes, Rui Flávio Chúfalo Guião viu despertar algumas curiosidades relacionadas ao universo dos vinhos. “Com o tempo fui me aprofundando, mas como autodidata”, conta o Diretor-presidente da Santa Emília Concessionárias de Automóveis.
A grande iniciação de Guião nesse cenário deu-se com o seu ingresso na CAVE (Confraria dos Amigos do Vinho e da Enofilia), da qual o empresário participa há mais de 15 anos em Ribeirão Preto, que foi fundada pelo paulistano André Maculan e conta com cursos ministrados pelo Prof. Luís Antonio Bailão, eminente médico e profundo conhecedor da matéria. “Como as reuniões eram realizadas a cada 15 dias, o grupo foi amadurecendo e consolidou-se com os 13 confrades assíduos nas nossas reuniões”.
Fã dos vinhos franceses, principalmente os Pinot Noir de Borgonha e os de Bordeaux, alguns dos rótulos mais desejados por Guião são os Amarones italianos. “Os vinhos portugueses do Douro e alguns ícones espanhóis também não faltam em minha adega. Tomo ainda, regularmente, vinhos brancos, ótimos para a temperatura quente de Ribeirão Preto, sejam eles espumantes ou não”.
Na opinião do empresário, para aqueles que desejam conhecer melhor a história dos vinhos, assim como suas nuances e possibilidades, o 1º passo é participar dos cursos oferecidos pelas lojas da cidade. “Eles sistematizam o assunto e lançam bases de estudos futuros. A leitura constante desse segmento também é muito importante. Prepare-se para perceber que quanto mais você estuda, descobre que sabe muito pouco sobre vinhos. E se puder participar de uma confraria é um grande instrumento de aperfeiçoamento!”, revela Guião.

“Beber um bom vinho é um ato de confraternização com a terra, com quem o produziu e com quem o partilhamos. É uma bebida de qualidade e nunca de quantidade. Degustá-lo é, além de uma grande prazer, uma arte!”

Rui Flávio Chúfalo Guião
Diretor-presidente da Santa Emília Concessionárias de Automóveis

DA REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA