Se um vendedor não for bem treinado e acompanhado pelo seu gerente de vendas, dificilmente ele irá atingir metas ou se superar como profissional

Muitos gerentes de venda acreditam que suas 2 únicas funções são vender e cobrar as vendas do time. Esse cenário está longe do verdadeiro! Existem muitas competências necessárias para esse profissional, que vão além das técnicas de vendas, como aprender sobre gestão e gerenciamento de equipe.

Um bom gestor de vendas se apoia em 3 pilares:

1º – Formar a equipe de vendas: o gestor precisa reconhecer produto, mercado e melhores vendedores para aquele momento que a empresa está vivendo. É importante, dependendo do processo utilizado, combinar características da equipe de maneira que se completem e formem um time mais forte e coeso.

2º – Capacitar o time: cada vendedor tem uma maturidade diferente, tanto em relação à experiência profissional quanto ao domínio do produto ou serviço vendido. Dessa forma, o gestor deve ser capaz de identificar onde cada colaborador se encontra, para treiná-lo naquilo que precisa. Além disso, é papel do gestor treinar sua equipe quanto às ferramentas que serão utilizadas no trabalho para atingir os objetivos finais, como ferramenta de captação de leads, CRM e de suporte.

3º – Orientar a equipe para atingir o objetivo: o que não significa somente cobrar diariamente o número de ligações feitas, e-mails enviados ou negócios fechados, mas também saber motivar e aumentar a confiança do time. Um vendedor só será bom se tiver confiança nele mesmo e no conhecimento sobre o produto.

Curioso em saber como uma boa gestão pode ser feita com sua equipe? Conheça hoje mesmo o Funil de Vendas (www.funildevendas.com.br) e entenda como, na prática, acompanhar métricas pode ser um diferencial em seus resultados.

 

Por Marcelo Baratella – Professor, Consultor, Palestrante e
Treinador do Funil de Vendas

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA